sábado, 12 de maio de 2007

Uma máquina de fazer poles

E o Massa faturou mais uma! Dos quatro treinos de classificação desta temporada, Felipe fez a pole nas três últimas oportunidades.
Quando o Alonso surpreendeu andando 4 décimos mais rápido que o segundo colocado, imaginava-se que a briga pela primeira posição já estava encerrada. Porém, o brasileiro investiu em sua última volta, baixando a marca do espanhol, que, por sua vez, fecharia mais tarde sua melhor passagem a 3 centésimos do tempo do Felipe. A disputa foi apertada, decidida no braço, do jeitinho que a gente gosta. A corrida promete ser ainda mais.
Kimi Raikkonen aprovou as modificações no carro, acreditando que elas favoreceriam seu estilo de pilotagem. Na prática, continua levando tempo do companheiro. Vai largar em 3º, logo à frente do novato Lewis Hamilton, que andou meio apagado neste treino. Membros da equipe já assumiram estar se dedicando mais ao Alonso, já que o espanhol corre em casa.
O polonês Robert Kubica enfim conseguiu se classificar melhor que o parceiro Nick Heidfeld. Largarão na 5ª e 7ª posições, respectivamente. O piloto da Toyota Jarno Trulli ficou entre a dupla da BMW. Curiosamente, todas as vezes que a TV mostrou o italiano no terceiro setor, ficava evidente a diferença de traçado adotado pelo piloto, a menos que ele tenha errado justamente quando era focado pela câmera. Trulli entrava na curva que antecede a nova chicane de forma mais agressiva, chegando bem perto da zebra, e freava mais por dentro para contornar a primeira perna da variante.
Ralf Schumacher ficou longe do Jarno. O alemão obteve uma vergonhosa 17ª colocação. Outro que decepcionou foi o tal australiano bom de treinos. Viu o Coulthard fazer o nono melhor tempo mas não conseguiu nada melhor que o 19º posto do grid.
A Honda continua se arrastando. O Rubinho fez novamente aquele tradicional mistério na primeira parte do treino. Estava em 16º, caiu, fez o Galvão se desesperar, quase não conseguiu abrir mais uma volta... Finalmente, chegou à segunda parte e ainda terminou em 12º, duas posições à frente do Button. Entre eles, aparece o japonês Takuma Sato, com um carro à altura. Anthony Davidson matou a inveja que tinha do Kovalainen e foi passear na grama. Duas vezes. Falando nele, o finlandês finalmente obteve uma marca superior à do Fisichella. A dupla da Renault larga amanhã da 8ª e da 10ª posição.
Mas o que foi aquilo no finzinho do treino? O Galvão criticando os críticos do "Robinho da F1"... Lamentável. Ele não consegue deixar de ser chato. Me aguarde no post "Vai que é tua, Galvão!", dessa vez ele não escapa.

5 comentários:

Ron Groo disse...

O cara tem talento. Fazer pole três vezes seguidas...Este tem a marca do vencedor.
Quanto ao Galvão...to aguardado...ancioso.
Ron Groo

Rodrigo disse...

Aproveito para lançar a campanha:

"VEM PRO PAU, GALVÃO!"
HAHAHAHAHAH

Eu ri mto quando ouvi ele dizendo aquilo.

E quanto ao "Felipríncipe", dessa vez ele me surpreendeu bastante! Parabéns para o rapaz!!

Ron Groo disse...

Estamos ai...Vamos ver se o galvão tem a moral de vir pra cima.
Agora Rodrigo.Se junto com ele vier o Reginaldo Leme, o Burti, o Bassan ai ferrou...de turma fica dificil.
Ron Groo

Ron Groo disse...

Foi no blog do Sacker...embaixo de um comentario meu e um seu...mas foi piada.

Felipão disse...

De cara pro vento, não tem pra ninguém. O nosso xará é velocidade pura. Só fico preocupado se ele perder a posição pro espanhol, que sempre larga bem.